28 de setembro de 2018

Geração de emprego e renda, casa própria, energia, acesso à educação e a medicamentos são apenas algumas das conquistas dos governos  de Lula e Dilma no estado de Goiás. Entre 2003 e 2016, foram criados mais de 714 mil postos de trabalho formal no estado, um crescimento de mais de 91%.

As matrículas em creches mais que duplicaram no estado: eram 27,4 mil, em 2002, e saltaram para 68,9 mil, em 2015. Na educação básica, o programa Caminho da Escola, que levou transporte escolar seguro a todos os municípios brasileiros, deu ao estado 950 ônibus e 3,6 mil bicicletas e capacetes para as crianças. As matrículas em cursos superiores em Goiás cresceram de 119,3 mil, em 2002, para 249,4 mil, em 2015. Foram 58,6 mil bolsistas do Prouni, 70 mil alunos no Fies, um novo campus universitário e 20 novas escolas técnicas.

Até 2016, mais de 190 mil moradias foram entregues e outras 58.800 contratadas, totalizando 249 mil unidades só no estado de Goiás. Pioneiras em sustentabilidade, todas as casas que foram entregues pelo programa Minha Casa Minha Vida em Anápolis (GO) possuem equipamentos de energia solar para aquecer a água. Veja o vídeo abaixo:

Já o programa Luz para Todos levou energia elétrica a mais de 46 mil casas no estado de Goiás.

Outra grande conquista dos governos petistas para o estado foi a construção do trecho sul da Ferrovia Norte Sul, entre Ouro Verde (GO) e Estrela D’Oeste (SP).

Em abril de 2016, mais de 320 mil famílias goianas foram atendidas pelo Bolsa Família. Mais de 300 mil pessoas foram tiradas da extrema pobreza desde 2011.

Na área da saúde, 1,4 milhão de pessoas foram beneficiadas com medicamentos gratuitos desde o início do programa Saúde Não Tem Preço. Além disso, são 2204 farmácias populares. Foram criadas 717 vagas pelo Mais Médicos em 166 municípios goianos.