22 de setembro de 2016

“Acharam um criminoso, mas não encontraram um crime. É assim que a operacão Lava Jato pretende fechar o cerco sobre Lula”, diz o vídeo da defesa que explica, didadicamente, a perseguição jurídica e midiática contra o ex-presidente Lula.

Segundo a defesa, na falta de provas contra o ex-presidente, apelaram para a convicção, tendo o respaldo e apoio da mídia. “Estamos diante da maior de todas as injustiças: a perseguição, sem que haja crime, a um líder internacionalmente conhecido”

Entenda como está sendo aplicada a teoria do “domínio do fato” à brasileira no caso de Lula: 

O powerpoint do Lula from Luiz Carlos Azenha on Vimeo.