21 de setembro de 2018

Nos dias de hoje, o acesso à internet em alta velocidade está extremamente limitado à renda dos cidadãos. O acesso a direitos e serviços fica restrito aos ricos. Para acabar com essa desigualdade, o candidato à presidência Fernando Haddad incluiu em seu Plano de Governo o programa Brasil 100% Online para conectar o país inteiro.

O programa prevê fortes investimentos para garantir a universalização da banda larga barata e acessível para todos. Terá como meta garantir que todos os domicílios brasileiros tenham condição de acessar a Internet de alta velocidade a um preço razoável, bem como baratear e melhorar a qualidade do acesso à Internet pelo celular.

Para isso, o Brasil 100% Online vai conectar mais de 2 mil municípios à rede de fibra ótica e vai garantir que o Satélite Geoestacionário brasileiro seja usado para conexão de rádio IP em municípios de pequeno porte, em áreas rurais e em distritos isolados. “Nosso governo não privatizará o Satélite
Geoestacionário, como quer Temer e PSDB. A capacidade do satélite será utilizada para as políticas de Defesa Nacional e para a Telebras universalizar a internet banda larga. A inclusão digital deve se sobrepor ao lucro privado de grandes empresas”, diz o Plano de Governo.

O programa também fará com que todos os distritos brasileiros – mesmo aqueles afastados da sede dos municípios – recebam sinal de celular e exigirá das empresas que forneçam conexão de alta velocidade a 3.600 municípios que hoje só contam com 3G.