19 de setembro de 2018

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, preso político há quase seis meses, recebe nesta quinta-feira (20) a visita do célebre linguista e ativista norte-americano Noam Chomsky.

“Vinte anos atrás tive o privilégio de conhecer Lula. Fiquei muito impressionado e continuo. Há 100 anos, o Brasil foi considerado o colosso do Sul, e isso esteve próximo de acontecer. O Brasil tornou-se o país mais respeitado do mundo sob a liderança de Lula”, afirmou na semana passada o autor de, entre outros livros, ‘Quem Manda no Mundo?’.

Noam Chomsky (1928) é professor do Massachusetts Institute of Technology. Desenvolveu uma teoria que revolucionou o estudo da linguística. Chomsky é um crítico radical contra a política, a sociedade e a economia americanas, particularmente a política externa. Foi contra a Guerra do Vietnã e mais tarde contra a Guerra do Golfo Pérsico. Escreveu “American Power and the New Mandarins”(1969) e “Human Rights and American Foreign Policy”(1978).

Após a visita, que ocorre às 16h, Chomsky concede entrevista coletiva na porta da sede da Polícia Federal em Curitiba.

Saiba como foi a visita nesta quinta-feira