21 de outubro de 2021

Jair Bolsonaro, o presidente que jamais se responsabiliza por seus atos, adora dizer que a economia brasileira vai mal porque as finanças de todo o mundo estão ruins. Mas, estudo após estudo, fica cada vez mais evidente que Bolsonaro e seu ministro Paulo Guedes são incompetentes e colocam o país entre os piores do mundo quando o assunto é gestão econômica. Inflação brasileira é pior que a de 83% dos países, o PIB do Brasil teve o terceiro pior resultado do G20 no segundo trimestre desse ano e a previsão é que o Brasil tenha o pior crescimento entre as economias relevantes do mundo.

Levantamento do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (Ibre/FGV) mostra que não é igual no mundo todo. A escalada dos preços é pior no Brasil do que na grande maioria das nações: a inflação brasileira deve encerrar 2021 maior que a de 83% dos países.

Os dados do Ibre foram tirados de um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI), para quem a inflação brasileira deve encerrar o ano em 7,9% – no acumulado de 12 meses até setembro, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) chegou a 10,25%

De acordo com a projeção do FMI, o Brasil vai registrar uma inflação bem acima da apurada entre os países emergentes (5,8%) e também da média mundial (4,8%). Além disso, o problema só piora. No relatório de outubro do ano passado, por exemplo, a previsão era a de que a economia brasileira teria uma inflação maior que a de 57% dos países. No relatório de abril, esse patamar subiu para 70%. E agora está em 83%.

Buraco econômico acima de tudo

Outros levantamentos apontaram recentemente a incompetência de Bolsonaro e Guedes. O desprezível PIB brasileiro do segundo trimestre, com recuo de 0,1%, foi o terceiro pior resultado entre os países que formam o G-20, apontou levantamento feito pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). 

E o Relatório de Desenvolvimento e Comércio de 2021, feito pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (Unctad) previu que o país terá o pior crescimento econômico entre as economias relevantes do planeta.

Além disso, Bolsonaro derruba o PIB per capita, promove o desemprego e endividamento recorde das famílias brasileiras. Cenário muito diferente daquele dos governos do ex-presidente Lula e do PT.

Com informações do site do PT