12 de novembro de 2021
Foto: Ricardo Stuckert

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva se reuniu com o presidente da Fundação Friedrich Ebert e ex-presidente do Parlamento Europeu Martin Schulz nesta sexta-feira, em Berlim.

Schulz e Lula se reencontraram depois de estarem juntos na última viagem de Lula para a Alemanha, em 2020, e de Schulz ter visitado Lula quando ele estava preso injustamente em Curitiba, em agosto de 2018, durante a campanha presidencial daquele ano.

Schulz hoje preside a Fundação do SPD, o partido social-democrata alemão, que ganhou as eleições na Alemanha em setembro e está em negociações para a formação do governo alemão que irá substituir a chanceler Angela Merkel.

Esteve presente também na reunião o ex-ministro e senador Aloizio Mercadante, presidente da Fundação Perseu Abramo, do PT, que tem uma parceria de décadas com a Friedrich Ebert em estudos, pesquisas e cursos de formação.

Na reunião, se conversou sobre o aprofundamento dessa cooperação em debates e sobre a formulação de políticas públicas.

Mais cedo, Lula se encontrou também com as deputadas do SPD Yasmin Fahimi e Isabel Cadermatori, eleitas na última eleição.