07 de outubro de 2018

Fernando Haddad vai seguir o exemplo de Lula e Dilma no que se refere à geração de empregos. Os governos petistas criaram juntos mais de 20 milhões de postos de trabalho.

Para que isso aconteça, é preciso não perder tempo. Uma das primeiras providências a serem tomadas por Haddad, logo no início do seu governo, será a criação do Programa Meu Emprego de Novo. Com o objetivo de elevar a renda, ampliar o crédito e gerar novas oportunidades de trabalho, o foco prioritário é  a juventude.

Com o Meu Emprego de Novo, Haddad pretende se concentrar em áreas que rapidamente geram postos de trabalho, como a construção civil. Por isso, vai retomar imediatamente as 2.800 grandes obras paradas em todo o país e o Minha Casa Minha Vida. Ainda dentro dos programas sociais, o candidato de Lula vai investir fortemente no Bolsa Família.

No plano de governo há um programa específico para auxiliar o trabalhador a limpar seu nome na praça. O Dívida Zero prevê a instituição de linha de crédito em banco público com juros baixos e prazos longos. Assim, as pessoas que se encontram no cadastro negativo do SPC e Serasa poderão quitar suas dívidas.

Outra medida que terá como efeito rápido a geração de empregos é a retomada dos investimentos da Petrobras. A estatal é capaz de criar oportunidades de trabalho na cadeia do petróleo e na indústria naval, bastante atingida pelo golpe de 2016.