24 de janeiro de 2022

No último domingo (23), Flávio Bolsonaro postou no Facebook um vídeo editado espalhando fake news contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Seguindo o script da família, o filho senador de Jair Bolsonaro utiliza-se de mentiras absurdas para tentar tirar o foco do que realmente importa. Não é coincidência que a semana passada tenha sido marcada por novas denúncias na imprensa relacionadas à prática de rachadinha nos gabinetes do clã Bolsonaro.

Para esconder denúncias de rachadinha em seu gabinete – sobre a qual abundam suspeitas e investigações -, Flávio Bolsonaro publicou vídeo, obviamente editado, afirmando que Lula teria pacto com o demônio. O compromisso de Bolsonaro e de seus filhos com a mentira é tão escancarado que eles não têm vergonha de editar um vídeo em que Lula estava justamente denunciando a rede suja de mentiras bolsonaristas que inventam que Lula teria relações com o diabo. A publicação foi compartilhada por outros políticos bolsonaristas, como um certo vereador Rômulo
Quintino (PSC). A rede suja de mentiras bolsonaristas editou Lula denunciando fake news para gerar fake news. Na manhã desta segunda (24), Flávio Bolsonaro apagou a publicação. Segue o print da publicação original:

O vídeo mentiroso foi editado a partir de um evento em Salvador, com o movimento negro, em agosto de 2021. Durante seu discurso, Lula denunciou as mentiras das quais vêm sendo vítima, as deturpações e as mentiras de Bolsonaro e seus asseclas. Lula disse:

“Eu queria falar ao meu companheiro evangélico, e queria falar também às nossas queridas representantes das religiões de matriz africana. Vocês sabem que eu tenho conversado com muita gente de religiões de matriz africana . Eu sei que os bolsonaristas estão fazendo uma verdadeira guerra nas redes sociais. Ontem quando eu cheguei as mulheres no palco jogaram pipoca em mim e me entregaram um santo , me entregaram um Xangô. E nas redes sociais do bolsonarismo, eles estão dizendo que eu tenho relação com o demônio, que eu estou falando com o demônio e o demônio está tomando conta de mim. Mas é uma campanha massiva, é uma campanha violenta como eles sabem fazer, do mal. Eles só sabem fazer isso. Eu queria aproveitar, porque eu não sei se tem algum deles escondido gravando pra fazer uma live. Eu queria dizer o seguinte: eu, enquanto cidadão brasileiro, eu tenho minha religião. Todo mundo sabe que eu sou católico. Mas enquanto candidato, ou enquanto presidente da República, todas as religiões desse país, inclusive as de matriz africana, serão tratadas com a maior decência, com o maior respeito. E eu jamais, enquanto governo, irei permitir o autoritarismo de uma religião sobre as outras. Se tem uma coisa que a gente tem que respeitar é a profissão de fé das pessoas, é o comportamento das particularidades de cada um de nós, é nossa fé e nossa crença. Eu não vou tratar melhor nem uma nem outra, vou tratar todas as religiões com toda a decência que elas precisam ser tratadas no território nacional”

Lula ainda completou, sobre Bolsonaro:

“Eu não acredito que o genocida seja religioso, eu não acredito que ele acredite em religião, eu não acredito que ele acredite em Deus. Eu aprendi a vida inteira que Deus simboliza o amor, a bondade, a fraternidade, um ser humano carinhoso. Eu não consigo admitir que o Deus do bolsonaro seja esse que nós amamos, porque ele não tem amor, solidariedade, fraternidade”

Qualquer pessoa que já tenha se debruçado sobre a Bíblia sabe que a mentira é altamente condenável, segundo o livro sagrado. Por isso é uma contradição flagrante que o governo de Jair Bolsonaro, que se diz cristão, seja todo baseado em espalhar notícias falsas – seja sobre seus adversários, sobre a Covid (ceifando vidas) ou sobre qualquer outro assunto. Para os cristãos, não mentir é inclusive um dos dez mandamentos: “Não levantarás falsos testemunhos contra o seu próximo”. No novo Testamento, em João 8:4, Jesus diz que “o diabo é o pai da mentira”.

Recentemente, o Aos Fatos divulgou que Jair Bolsonaro deu 7 declarações falsas por dia, em média, em 2021, num total de 2.516 falas inverídicas. A mentira é a arma desse governo para esconder os próprios crimes e a própria incompetência. Quem é o pai da mentira, no Brasil atual?

Veja a comparação entre o vídeo real e a edição mentirosa dos Bolsonaro:

Veja a íntegra do encontro de Lula com o movimento negro na Bahia: