19 de outubro de 2018

Alexandre Frota, deputado federal eleito pelo partido de Jair Bolsonaro (PSL), publicou fake news na quarta-feira (17/10) na sua página no Facebook. Na notícia falsa, Frota acusa Gerson Florindo, do PT da cidade de Ubatuba (SP), de ter se disfarçado de apoiador de Bolsonaro para realizar uma suposta ameaça à CNBB – para, com isso, tentar criar um problema aos seguidores do candidato do PSL à presidência.

Acontece que Gerson Florindo não tem qualquer relação com a história e não é a pessoa que aparece no vídeo ameaçando a CNBB.

A fake news, um vídeo intitulado “A maracutaia do PT e do Haddad não funcionou”, já havia atingido mais de 330 mil visualizações às 15 horas desta sexta-feira (19/10), tendo passado de 18 mil compartilhamentos.

Para se ter uma ideia do alcance da notícia falsa, Frota obteve 155.522 votos para se eleger deputado federal no último dia 7 de outubro.

A Maracutaia do Pt e do Haddad não funcionou .

Publicado por Alexandre Frota em Quarta-feira, 17 de outubro de 2018

 

Fake Frota

A fake news difundida pelo ex-ator diz respeito a um episódio que supostamente envolveria a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e um militante vestido com a camiseta de Bolsonaro. No vídeo, que viralizou nas redes, o suposto militante ataca e faz ameaças à CNBB.

Alexandre Frota, no vídeo publicado ontem, começa atacando o PT: “Pessoal, vejam só aonde chega a canalhice desse partido corrupto chamado PT”.
Em seguida, Frota afirma: “Nós fomos atrás e descobrimos que esse cara é o Gerson Florindo, presidente do PT de Ubatuba, no litoral de São Paulo”. E, ainda: “Ele se disfarçou e foi lá […] para tentar culpar os seguidores de Jair Bolsonaro”.

Segundo o deputado federal do PSL e apoiador de Bolsonaro, “mentira tem perna curta e, como mentira acompanha esse partido, nós desmascaramos rapidamente esse Gerson Florindo, presidente do PT”.

No vídeo, Frota mostra uma foto de Gerson Florindo para dizer que seria a mesma pessoa do vídeo. Depois, o ex-ator busca usar o caso para atribuir ao PT o uso de fake news na campanha, sendo que, na realidade, o partido é vítima delas.

Frota afirma, ao final, que “tudo que vem acontecendo, e esse partido vem divulgando que é culpa dos seguidores do Bolsonaro, fique você sabendo que não passa de uma mentira”.

E aproveita para provocar: “Gerson Florindo, que papelão, hein, meu irmão? Mentira tem perna curta!”.

A verdade
A primeira mentira contada por Frota: Gerson Florindo não é a pessoa que aparece no vídeo (veja a foto abaixo, tirada no dia 17/10 por Gerson Florindo, e compare):

A segunda mentira contada por Frota: Gerson Florindo não é presidente do PT de Ubatuba. Ele é filiado ao partido e integra o diretório municipal do PT de Ubatuba. O presidente atual do partido é Mauricio Humberto Fornari Moromizato.

A terceira mentira contada por Frota: as fake news que são utilizadas contra o PT já se tornaram um escândalo nessas eleições, não são uma maracutaia do partido e de Haddad.

Na descrição de sua página no Facebook, Frota diz que: “A MISSÃO dessa página é sempre lutar pela verdade”. Mas, conforme o próprio Frota disse no vídeo, “mentira tem perna curta!” e já foi desmentida, inclusive, por sites especializados em combater fake news e mentiras publicadas na internet e nas redes sociais, como o Boatos.Org.