09 de outubro de 2018

O Acordo de Paris, o principal acordo sobre meio ambiente firmado pelos países membros das Nações Unidas (ONU), foi aprovado em 2015 e ratificado pelo Brasil, com o objetivo de reduzir emissões de gases de efeito estufa no contexto do desenvolvimento sustentável. O documento reúne uma série de medidas que precisam ser adotadas para frear o avanço das mudanças climáticas, e cada nação tem a sua contribuição específica para tornar o plano possível, incluindo o Brasil.

Assim como o presidente dos EUA, Donald Trump, Bolsonaro afirmou que, se eleito, retirará o país do compromisso internacional. E essa é a ÚNICA proposta do candidato para a área. Seu plano de governo não apresenta mais nenhuma proposta específica nos temas de clima, redução do desmatamento ilegal ou universalização do saneamento básico.

O Programa de Governo Haddad Presidente, por sua vez, tem seu quinto eixo inteiro dedicado à transição ecológica. A atuação do Brasil durante os governos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do PT nos fóruns internacionais sobre meio ambiente influenciou decisivamente nos compromissos da humanidade em busca de uma economia justa e de baixo carbono. O governo Haddad vai avançar agora para garantir práticas e inovações verdes como motores de crescimento inclusivo, desenvolvimento nacional e oportunidades de bem viver para o nosso povo.