16 de outubro de 2018

A família da atriz Beatriz Segall emitiu uma nota repudiando o uso da imagem da atriz em uma notícia falsa que circula na internet. Sergio Segall, filho de Beatriz Segall, vê a fake news propagada pela internet como “um ato de covardia”.

Uma foto de Beatriz — que morreu em setembro deste ano — com o rosto machucado foi compartilhada com a legenda: “Esta senhora foi agredida por petistas na rua quando gritou Bolsonaro”.

A informação sobre a reação da família à covardia contra a memória de Beatriz foi publicada na coluna da jornalista Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

A notícia falsa foi difundida na última sexta-feira (12/10) e foi objeto de centenas de denúncias encaminhadas aos canais da campanha de Fernando Haddad e Manuela D’Ávila contra as fake news, como o Zap do Lula.

O comunicado da família Segall registra que “a imagem se refere a um acidente de que [Beatriz] foi vítima há alguns anos [quando tropeçou em uma calçada no Rio], nada tendo a ver com qualquer ato de agressão”.