28 de setembro de 2018

Em ato na capital goiana, Fernando Haddad falou sobre a revolução na educação superior que ele e Lula fizeram, construindo câmpus universitários e institutos federais em todo o Brasil, especialmente no interior. Aparecida de Goiânia, cidade a poucos quilômetros da capital, foi um dos municípios beneficiados pela construção de um câmpus universitário. “Eu me lembro de um telefonema que recebi do Lula dizendo assim: ‘Haddad, você visitou as cidades do interior onde você vai colocar universidades e os institutos federais?’. Eu respondi que sim. Aí, ele disse: ‘Mas, às vezes, Haddad, tem pessoas que vivem perto de uma capital, mas não têm acesso a ensino superior, como é o caso de Aparecida de Goiânia”.

Durante ato em Goiânia, Haddad explicou que costuma contar essa história, porque é importante o povo entender que existem presidentes e presidentes. “É muito difícil uma pessoa conhecer o Brasil como o Lula. Só tem um jeito de conhecer o Brasil como Lula: tendo sido ministro do Lula”.

O candidato disse ainda que o sonho de levar universidades para o interior do Brasil e de descentralizar o ensino superior continuará sendo uma prioridade do seu governo. “Duas palavras resumem todo nosso plano de governo: trabalho e educação”, afirmou Haddad. “Se você acorda e não tem pra onde ir, ou pra um posto de trabalho, ou pra uma universidade, ou escola técnica, o país está comprometido. Nós não temos desenvolvimento sem investir nas pessoas, sem investir em educação e em oportunidade de trabalho”.