22 de setembro de 2021

“Não é possível que no maior produtor de proteína animal do planeta Terra, a gente seja obrigado a ver uma mulher na fila de um açougue esperando um osso para levar para poder fazer a comida”, disse Lula.

Em sua sanha negacionista por disseminar ódio e mentiras, Bolsonaro não tem tempo para se preocupar com a fome que volta a assolar o Brasil.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reforçou o seu compromisso com o combate às desigualdades e sua indignação com o retorno da fome ao cotidiano das brasileiros e brasileiros, lembrando a importante contribuição de estados como Goiás na produção de alimentos.
“Como é que se explica, num estado como Goiás, que é um grande produtor rural, ter gente passando fome? Como é que se explica o Brasil ser o terceiro produtor de alimento do mundo, o primeiro produtor de proteína animal, e ter gente passando fome? Gente que não consegue mais comprar carne?”, questionou Lula, em entrevista à Rádio Sagres, de Goiânia, nesta sexta-feira (17).