31 de outubro de 2014

No quarto vídeo da série sobre as eleições de 2014, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fala sobre um dos temas que foram amplamente debatidos no processo eleitoral: a política externa brasileira. Para Lula, as relações com países centrais  é fundamental, mas também é preciso diversificar:

“Nós não queríamos diminuir a nossa relação com os Estados Unidos porque compreendemos a parceria estratégica entre os dois países. Nós não queríamos romper com a União Europeia porque nós compreendemos a importância estratégica, seja política ou econômica. Mas nós precisaríamos ficar menos dependentes destes dois blocos e nós resolvemos então criar outros blocos.”

Vídeo: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O ex-presidente considera ainda que as relações com América Latina e África ainda têm muito potencial de crescimento e podem fortalecer a região no cenário internacional. “Nós ainda não exploramos nem 30% do que podemos explorar. Seja do ponto de vista de vista da integração física, da política, da social, da cultural, da educacional. Isso é que vai dar solidez para que um dia a América do Sul se torne tão forte como a União Europeia. A gente não vai ser forte esperando que os outros façam a gente forte, a gente vai ser forte o dia que a gente acreditar na gente mesmo. A mesma coisa com a África.”

Veja também os outros vídeos gravados por Lula sobre as eleições de 2014: