17 de novembro de 2021
Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reúne-se nesta sexta-feira (19) com o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, no Palácio da Moncloa, em Madri. A Espanha é o último dos quatro países visitados pelo ex-presidente, que cumpriu este mês agenda na Alemanha, Bélgica e França.

Nesta quinta-feira, Lula participará do seminário “Cooperação multilateral e recuperação regional pós-Covid-19”, promovida pelo CAF (Common Action Forum), na Casa América. O ex-primeiro-ministro espanhol José Luis Rodríguez Zapatero, com quem Lula já se encontrou no Parlamento Europeu no início da semana, também participa do evento.

O ex-presidente terá ainda um encontro com a secretária-geral da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), Rebeca Grynspan. A economista, ex-vice-presidente da Costa Rica, é uma reconhecida defensora da redução da pobreza, da igualdade de gênero e da cooperação Sul-Sul como ferramenta para o desenvolvimento sustentável. Grynspan é a primeira mulher centro-americana a liderar a UNCTAD, braço da ONU para o apoio e integração dos países em desenvolvimento.

Lula também terá encontros com os trabalhadores espanhóis, representados pela confederações sindicais CCOO (Confederación Sindical de Comisiones Obreras) e UGT (Unión General de Trabajadores).

Encontro com Sánchez nesta sexta-feira

O encontro com Pedro Sánchez será no Palácio da Moncloa, sede da presidência do governo e residência oficial do primeiro-ministro da Espanha. Além de Sánchez, nesta viagem Lula já se reuniu com o presidente da França, Emmanuel Macron, e com o vice-chanceler da Alemanha, Olaf Scholz, que deve substituir Angela Merkel como primeiro-ministro.

Acompanhe o discurso de Lula no seminário “Cooperação multilateral e recuperação regional pós-Covid-19”: