13 de setembro de 2018

A prounista Fernanda, de 23 anos, participou, na quarta-feira (12/09), de um encontro com o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, e com a candidata à vice em sua chapa, Manuela D’Ávila. Em seu relato, Fernanda lembrou que o ProUni deu a oportunidade para que jovens negros e periféricos pudessem ingressar em qualquer carreira, inclusive as historicamente negadas. “O ProUni e o FIES colocaram os filhos da classe trabalhadora sentados com os filhos dos patrões”, disse.

Veja também:

Conheça a história de Jessy, prounista e estudante de Direito

“A educação mudou minha vida. Minha mãe com 59 anos se formou em Serviço Social pelo FIES”, contou prounista a Haddad

“Eu vi a UFABC ser construída ao lado da minha casa e hoje sou aluna cotista”, diz universitária em encontro com Haddad