19 de outubro de 2013

“Não tem ninguém melhor que o Lula para falar de educação, afinal, ele foi o presidente que mudou o rumo da educação neste país”, assim a presidenta da Apeoesp, Bebel Noronha, abriu a conversa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva com mais de mil professores da rede estadual de São Paulo, na noite desta sexta-feira (18), na capital paulista.

Para baixar imagens em alta resolução, visite o Picasa do Instituto Lula.

Lula falou aos professores sobre as conquistas da educação na última década e afirmou que ainda foi pouco “diante da dívida que este país tem com a educação”. O ex-presidente reafirmou seu orgulho por ter sido o governante que mais fez universidades federais e escolas técnicas no país. Lula citou também as conquistas do Prouni, que trocou dívidas de universidades particulares com o governo federal, por bolsas de estudo, inserindo mais de 1,3 milhão de estudantes no ensino superior.

O ex-presidente destacou também a aprovação dos recursos do pré-sal para a educação. “Nós triplicamos o orçamento da educação. E agora vamos fazer mais ainda com a presidenta Dilma. Temos com o pré-sal que recuperar a divida histórica que esse país tem com a educação. E eu sempre digo: a educação é a base para transformar este país”, disse.

Outro ponto abordado por Lula em sua conversa com os trabalhadores da educação foi o piso salarial para os professores aprovado em seu governo. “Nunca antes na história desse país um presidente tinha aprovado um piso salarial. É porque eu sei que uma das condições para as pessoas irem trabalhar felizes todos os dias é saber que serão remuneradas de forma justa no fim do mês”. Lula lembrou que o piso não está sendo respeitado em alguns estados. “Infelizmente alguns governadores nem sempre tratam os professores com o respeito que merecem”.